Inicial > Tecnologia > Como montar um sistema de energia solar

Como montar um sistema de energia solar

por Guia do Como
Como montar um sistema de energia solar

Economizar energia oferece benefícios para o consumidor e até mesmo para o planeta. Mas, o que as pessoas necessitam compreender é que é possível até produzir a sua própria energia, conseguindo mesmo uma diminuição considerável por mês na conta de energia, aprenda aqui como economizar montando um sistema de energia solar.

Uma alternativa bastante eficiente é produzir a sua própria energia através de painéis de energia solar, que são colocados em um ângulo adequado para captar a radiação e a energia produzida no próprio local. Além de diminuir os gastos, o sistema de energia solar é ligado a rede e a produção extra é jogada para a produtora, o que pode significar um alivio nas contas do próximo mês.

Ficou interessado? Então, descubra como montar o seu próprio sistema de energia, poupar e até repassar energia elétrica para os outros.

CONHEÇA O CURSO INSTALADOR SOLAR DE ALTA PERFORMANCE, CLIQUE AQUI.

Dicas para montar um sistema de energia solar

1 – Avalie o seu consumo habitual de energia elétrica

A primeira ação para selecionar o sistema adequado de energia é identificar qual é o seu consumo de energia elétrica de kWh mensal. Se você já reside em uma moradia bastante simples, basta conferir o seu histórico na conta mensal de luz. O adequado é montar uma media do último ano, já que o consumo pode subir ou diminuir bastante de um mês para o outro por causa das variações de temperatura. Mas, se você está em uma casa nova, o mais indicado é realizar uma estimativa com base na sua casa atual a partir do auxílio do arquiteto responsável pela construção.

Se você não possuir nenhuma referencia, saiba que ainda pode fazer esse cálculo a partir da utilização e da potencia dos equipamentos elétricos que são usados no seu lar. Confira o exemplo da conta: uma televisão de 100W usada 4 horas diariamente resulta em um consumo de 12 mil Wh ou 12 kWh mensalmente.

2 – Painéis adequados para o seu consumo

De acordo com especialistas em sistemas de energia solar, os modelos de painéis adequados para dar conta do seu consumo dependem de várias informações e até mesmo da dimensão dos painéis selecionados. Além disso, não é preciso produzir toda a energia utilizada na sua casa.

Uma casa com consumo de 500 kWh por mês precisará de até 20 painéis em uma cidade de médio porte no Brasil para conta de toda essa necessidade. Mas, se você conseguir produzir somente 50%, metade dessa quantidade de painéis será o bastante.

No exemplo acima, uma produção que dê conta de todo o consumo resultaria em uma economia de 4 mil reais por ano.

3 – Projeto e Instalação

Após decidir o modelo e o tamanho dos painéis, será preciso pesquisar o inversor adequado. Basicamente, um inversor é um aparelho que transforma a energia em 110 ou 220 V. É essencial que o projeto e a instalação sejam realizados por profissionais capacitados, assegurando o bem estar pessoas e também as garantias oferecidas pelos fabricantes, que podem chegar até 25 anos no caso de alguns painéis.

4 – Valor do Sistema de energia solar

O valor total gasto com o seu sistema de energia solar varia de acordo com o tamanho e os itens escolhidos, que dependem da quantia de energia necessária e dos elementos característicos do lugar da instalação. Um sistema instalado pode variar entre R$ 7 mil e R$ 15 mil.

5 – Retorno do Investimento

O mais importante é que o consumidor terá a possibilidade de usufruir de toda a energia produzida, já que o excesso é transformado em créditos que podem ser usados em até três anos ou em outro próprio desse mesmo consumidor. Basicamente, se trata de um excelente negócio para a pessoa e também para todo o planeta, já que se refere à produção de energia limpa.

You may also like

Deixe um Comentário

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Vamos supor que você está bem com isso, mas você pode optar por sair, se desejar. Aceitar Saber mais