Como aprender inglês na internet

Como aprender inglês na internet

Confira algumas técnicas de Como aprender inglês na internet

A rede mundial de computadores revolucionou o planeta nas últimas décadas. E um dos benefícios da chegada da internet e da popularização dos dispositivos elementos foi, justamente, a abertura das possibilidades de massificação do conhecimento.

Hoje em dia, existem milhares de opções de educação a distancia nos mais variados assuntos, ou seja, se você deseja aprender algo novo, basta decidir a sua vontade e pesquisar, sendo que boa parte desses cursos são completamente gratuitos. E isso também serve para quem deseja descobrir maneiras de como aprender inglês na internet.




Como aprender inglês na internet?

1 – Assista a vídeos aulas no Youtube

Com certeza, você já deve ter acessado a maior plataforma de compartilhamento de vídeos do planeta. O Youtube pode ser utilizado para publicar, compartilhar e assistir conteúdo visual de todo o mundo. E, por isso, também se torna uma alternativa para como aprender inglês na internet, justamente, por se tratar de uma plataforma multinacional.

Sendo assim, é possível encontrar milhares de vídeos aulas de professores de inglês naturais de nacionalidades, ou seja, se você está a fim de aprender a falar inglês com sotaque britânico ou inglês, basta somente encontrar o vídeo interessante. Desta forma, você tem a sua disposição muitas possibilidades, com diferentes pessoas e várias didáticas de aprendizado.




2 – Aprenda com as suas músicas prediletas

Todo mundo gosta de ouvir música, não é mesmo? Por isso, quem quer descobrir como aprender inglês na internet também pode fazer uso das suas canções estrangeiras prediletas. Através da música, você pode ter maior percepção de interpretação de texto, pronuncia e aumentar consideravelmente o seu vocabulário.

Provavelmente, você vai precisar ouvir as suas canções favoritas algumas vezes antes de ter total domínio do sentido da letra. Por isso, uma boa técnica para somar ainda mais ao seu estudo da língua inglesa é tentar contextualizar a letra com o momento do compositor e a história da própria banda. E essa também é uma maneira até mesmo de saber mais informações a respeito dos seus artistas favoritas.

E caso você se sinta confortável para ir um pouco ale, procure o site oficial ou até mesmo as redes sociais oficiais do seu grupo musical favorito e tente compreender o histórico diretamente da fonte e sem utilizar o auxilio de um tradutor online.

3 – Leia matérias em sites de notícias estrangeiros

Provavelmente, você já deve ter tido a vontade de ler algumas notícias no The New York Times, no tabloide The Sun e tantos outros veículos de comunicação estrangeiros para encontrar uma matéria especifica, alguma reportagem sobre o Brasil ou mesmo sobre um filme ou a sua série favorita. Mas, quando você sentiu essa vontade precisou contar com a ajuda de alguma ferramenta de tradução online ou decidiu encarar o desafio por conta própria?

Na correria do dia-a-dia, você pode ter optado pela praticidade de copiar e colar a matéria em um algum tradutor e ter uma leitura superficial com base nessa tradução literal. Mas, ler contando apenas com o seu conhecimento da língua estrangeira pode ser uma forma interessante de como aprender inglês na internet e sem gastar absolutamente nada.




Por isso, tenha calma, procure ler com bastante atenção e reparar no contexto da reportagem. Muitas vezes, você pode descobrir o significado de uma palavra desconhecido apenas por sua colocação no texto. Além disso, você vai ampliar consideravelmente o seu leque de opções para se informar diariamente. Não vai precisar ficar esperando que algum veiculo nacional noticie aquela informação para ter ideia do que realmente significa.

E vale frisar que ao ler em inglês, você vai estar também se preparando para desenvolver a sua escrita nesse novo idioma. Afinal, quem lê bastante sempre tem uma tendência maior para ser eficiente na produção de textos.

Conheça o curso Como Aprender Inglês – O guia definitivo, e aprenda uma nova língua agora.

Artigo escrito pela equipe do Guia do Como e colaboradores de diversas áreas de atuação.